Novidades do setor de energia

Diferença entre tarifa azul e verde

O que é tarifa azul e verde e como escolher a melhor

Ao realizar a contratação de demanda de energia, uma empresa irá se deparar com duas escolhas: as tarifas azul e verde. Elas estão diretamente relacionadas aos horário ponta e fora ponta, que diferenciam o consumo energético em determinados períodos do dia. 

Então, para ajudar nessa questão, primeiro explicaremos o que é horário ponta e fora ponta, depois mostraremos as diferenças entre a tarifa azul e verde e, por fim, como fazer a melhor escolha para o seu negócio. 

Continue lendo e veja tudo o que você precisa saber a respeito desse assunto.

Horário ponta e fora ponta

Antes de irmos à explicação sobre as tarifas azul e verde, é importante entender qual a diferença entre horário ponta e fora ponta. Esses conceitos dizem respeito à demanda e ao consumo, que, apesar de usualmente serem usados como sinônimos, têm significados diferentes.

Demanda é a potência de energia necessária para atender ao consumo em determinados períodos do dia, ou seja, a capacidade do sistema elétrico. Tal potência normalmente é medida em kW (quilowatt) ou MW (megawatt). 

Já o consumo é a quantidade utilizada, sendo medido em kWh (quilowatt-hora) ou MWh (megawatt-hora). Uma conta de energia tradicional é o acumulado de consumo energético ao longo de um mês. 

Ao longo de um dia e em alguns períodos do ano, a demanda e o consumo de energia sofrem variações, passando por picos e baixas. No final da tarde, por exemplo, há um pico, pois as pessoas começam a acender as luzes. Já de madrugada acontecem as baixas, pois muitas empresas não estão operando e a população está dormindo. 

É por conta dessas variações que foram determinados o horário ponta e fora ponta, de modo que cobranças diferentes são feitas de acordo com a demanda e consumo — as chamadas tarifas horosazonais. 

Mas o que é tarifa horosazonal? É o valor cobrado de acordo com o consumo de energia elétrica e a potência requisitada em horários específicos ao longo do dia e também em determinados períodos do ano.

Horário ponta

O horário ponta é um período de três horas consecutivas que normalmente ocorre das 18h às 21h, exceto aos sábados, domingos e feriados. Por conta de ser um horário de alta demanda e consumo, pode haver uma cobrança triplicada de energia — ou seja, uma tarifa horosazonal, pois tem como base a necessidade de energia em um momento específico do dia. 

O objetivo dessa cobrança mais alta é justamente reduzir o pico e não sobrecarregar as linhas de transmissão. 

Horário fora ponta

Horário fora ponta são todas as demais horas do dia além do período ponta. A determinação desse intervalo varia de acordo com a concessionária, mas normalmente é das 0h às 17h59 e das 21h às 23h59.

O que são as tarifas azul e verde

Ao fazer uma contratação de valores, consumidores de alta tensão (grupo A) podem solicitar à concessionária duas opções de enquadramento tarifário: a tarifa azul e a tarifa verde. Tal enquadramento permite que diferentes perfis de consumo de empresas se encaixem melhor nas políticas de preços regulamentadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Qual a diferença entre tarifa azul e verde

A tarifa verde permite que os valores de consumo sejam ou não diferentes no horário ponta e horário fora ponta, mas a cobrança pela demanda de potência é única e o preço de transporte na ponta é maior. 

Já a tarifa azul de energia tem dois valores diferentes de demanda de potência de acordo com o horário ponta e o horário fora ponta.

Então, em resumo, a diferença entre a tarifa azul e verde é a tarifa paga no consumo de ponta: a tarifa verde tem apenas um valor para demanda e um preço mais alto no transporte de ponta, ao passo que a tarifa azul tem dois valores de demanda, os quais mudam de acordo com as horas de utilização do dia. 

É importante não confundir a tarifa azul e verde com as bandeiras tarifárias. Estas têm como objetivo informar ao consumidor quando a energia está mais cara ou barata de acordo com três classificações: verde, amarela e vermelha.

Aqui estamos falando especificamente sobre a tarifa azul e verde, às quais estão relacionadas à contratação de valores de energia.

Qual a melhor tarifa para o meu negócio?

A escolha entre a tarifa azul e verde depende de alguns fatores, por isso, é importante fazer simulações.

Dessa forma, você consegue projetar os consumos no horário ponta e fora ponta, entender qual a demanda energética da sua empresa e então tomar uma decisão.

Para facilitar as contas, baixe gratuitamente a ‘Calculadora de viabilidade e economia no Mercado Livre Energia‘ e simule o quanto sua empresa pode economizar fazendo a migração para o Mercado Livre de Energia.

Conheça o serviço de consultoria da Esfera

É válido considerar uma migração para o Mercado Livre de Energia, principalmente porque a energia no mercado livre é cobrada pela distribuidora conforme as regras de ponta e fora ponta sob a demanda de potência e o valor não muda de acordo com os horários em que há picos de consumo.

Para te ajudar nessa decisão, você pode contar com a Esfera Energia, empresa que realiza uma consultoria completa para ajudar os clientes a migrarem para o Mercado Livre de Energia e que também ajuda o cliente a comprar energia nos melhores momentos.

Apoiamos empresas que desejam entrar nesse mercado e fazemos todo o processo burocrático com assertividade e eficiência, tendo como foco os ganhos que serão gerados para nossos clientes.

Além disso, também temos soluções para otimizar a previsão de custos, tornamos a gestão da contratação de energia mais eficiente e trabalhamos constantemente para adotar novas tecnologias que rentabilizem as operações das empresas.

Para saber mais, fale com um de nossos especialistas!

Saiba tudo sobre o Mercado Livre de Energia