Novidades do setor de energia

Veja 7 ideias de redução de custos na indústria para otimizar sua produção

7 ideias de redução de custos na indústria

Encontrar ideias de redução de custos na indústria é um dos maiores desafios de qualquer negócio.

No dia a dia de produção, em alguns momentos pode parecer que não existe mais nenhum caminho para cortar gastos, mas saiba que, fazendo um planejamento adequado, é possível sim identificar oportunidades de economia.

Por isso, aqui vamos mostrar qual a importância desse planejamento e, em seguida, apresentaremos algumas ideias de como reduzir os custos na indústria sem afetar a produtividade do negócio.

Confira!

Por que é importante fazer um planejamento de redução de custos

Para um negócio crescer, não basta apenas vender produtos ou serviços, é preciso também otimizar o processo produtivo, reduzir custos e, assim, garantir a lucratividade da empresa. 

Porém, não adianta apenas fazer cortes sem que haja um planejamento, pois isso pode afetar toda a cadeia de produção. Depois, reverter esse cenário demandará ainda mais tempo e poderá prejudicar os ganhos do negócio. 

Então, antes de mais nada, é preciso fazer um levantamento sobre quais são as despesas fixas e variáveis da indústria para entender quais que, de fato, são os custos do seu negócio e conseguir criar ações que otimizem a produção e valorizem o preço do produto final. 

Depois, é preciso iniciar o planejamento sobre possíveis ações para reduzir os custos na indústria.

Nesse planejamento, você deverá fazer uma previsão sobre possíveis impactos positivos e negativos que cada redução pode ter nas atividades, bem como cada um dos setores poderão ser afetados. 

Essa análise é fundamental para que os esforços sejam destinados aos custos certos e haja uma redução significativa sem que a produção seja afetada. 

A seguir mostraremos algumas ideias para que os gastos diminuam, mas é claro que cada negócio tem suas próprias demandas, então é preciso estudar o que faz sentido para sua indústria ou não e fazer as adaptações necessárias.

7 ideias de redução de custos na indústria

1. Organize o fluxo de caixa e faça um acompanhamento recorrente

Esse deve ser o primeiro passo para que qualquer uma das próximas ideias tenha resultados significativos. Afinal, como você irá mensurar qual foi o impacto de uma ação nos custos da indústria se não souber quanto do orçamento do negócio é comprometido por aquele gasto? 

Então, organize o fluxo de caixa, identifique quais são todas as despesas e faça um acompanhamento recorrente para entender com clareza como cada redução está afetando as finanças da indústria.

2. Mapeie a produtividade dos funcionários e reorganize equipes

O “chão de fábrica”, ou seja, a “mão de obra” de uma indústria é vital para o funcionamento de qualquer negócio, mas será que o potencial de cada colaborador está sendo devidamente aproveitado? 

Por isso, faça um mapeamento da produtividade de todos os funcionários e identifique quais áreas podem operar com menos pessoal. Então, reorganize as equipes, realocando colaboradores para que eles possam contribuir com outras etapas que necessitam de seus serviços. 

Essa é uma estratégia de redução de custos pois permite identificar quais novas contratações realmente são necessárias e também proporciona um melhor aproveitamento da mão de obra que já atua na indústria hoje.

3. Treine e incentive seus funcionários

Essa dica também está diretamente relacionada à produtividade, afinal, colaboradores capacitados produzem mais e melhor.

Ofereça treinamentos periódicos e faça reuniões sazonais para apresentar dados sobre empresa, de modo que todos estejam alinhados sobre quais são os objetivos do negócio. 

Além disso, ofereça incentivos e mostre que há propósito no trabalho de cada um. São ações como essas que melhoram o desempenho dos funcionários e, por consequência, otimizam a produção feita por eles.

4. Crie um processo para reduzir os gastos e o desperdício de matéria-prima

Uma gestão eficiente de recursos ajuda a reduzir os gastos e garante um melhor aproveitamento de cada matéria-prima.

Para isso, o primeiro passo é rever os fornecedores e, se preciso, contratar novas empresas com um melhor custo-benefício. Além disso, veja se a compra em grande escala tem um preço mais atrativo.

Outro ponto de atenção é o desperdício de recursos ao longo da cadeia de produção, pois este é praticamente um “gasto invisível” que acontece aos poucos mas está sempre lá.

Por isso, crie um processo que diminua ou elimine completamente a perda de matéria-prima durante a produção. Afinal, você pagou por aquele recurso, não é mesmo?

5. Faça a manutenção preventiva de equipamentos

Não negligencie a manutenção do seu maquinário! É melhor ter um “gasto” fazendo a manutenção periódica de todos os equipamentos do que precisar arcar com o custo de uma máquina quebrada e ainda ter a produção afetada por isso. 

Então, crie o hábito de manter todos os equipamentos devidamente vistoriados e com a manutenção em dia. Isso evitará muitos problemas e ainda ajudará a reduzir custos na indústria.

6. Elimine os gastos com tarifas bancárias desnecessárias

Sabe aquela taxa que está no seu orçamento mas você não costuma dar muita atenção a ela porque “ela sempre está lá” e “faz parte dos gastos”? Reveja isso. 

As tarifas bancárias para indústrias podem ser muito elevadas, então é fundamental renegociar o que for possível e conseguir melhores taxas para o seu negócio. Com o tempo, você verá o impacto dessa ação no orçamento.

7. Reduza os gastos com as contas de água e luz

No caso da conta de água, é possível conscientizar seus colaboradores a respeito da importância da economia desse recurso, por exemplo.

Além disso, contrate uma equipe para fazer uma vistoria periódica da indústria para identificar possíveis vazamentos de água que possam passar despercebidos no dia a dia.

Em relação aos custos de energia elétrica, é possível considerar trocar as lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED, por exemplo, bem como substituir máquinas antigas por equipamentos mais atualizados e que consomem menos energia.

Além disso, outra alternativa é migrar para o Mercado Livre de Energia. Nele, as empresas podem negociar preços, prazo, volume e forma de pagamento diretamente com os fornecedores.

E mais: nesse mercado não há a incidência das bandeiras tarifárias, as quais muitas vezes acabam elevando ainda mais o preço da energia pago para as concessionárias.

Assim, no Mercado Livre de Energia é possível contratar energia com valores muito mais baixos e, em alguns cenários, alcançar até 35% de economia na conta de luz.

Para fazer o processo de migração com segurança, o ideal é contar com o suporte de uma empresa especializada no assunto, como a Esfera Energia, referência nacional em gestão de energia no Mercado Livre de Energia e que realiza uma consultoria completa para esse processo.

A Esfera também oferece todo o apoio necessário para o cumprimento das obrigações legais e garante as melhores condições possíveis na contratação de energia.

Ficou interessado? Fale com um de nossos consultores e conheça todas as soluções da Esfera Energia.

Agora você já conhece as principais ideias de redução de custos na indústria, então basta fazer um planejamento e colocar em prática cada uma delas para otimizar sua produção e preservar o orçamento do seu negócio.

Conheça outras maneiras de otimizar os seus custos e aumentar o saving em compras. Baixe gratuitamente o nosso ebook. 

Saiba tudo sobre o Mercado Livre de Energia