Novidades do setor de energia

comercializadora-energia

O que é uma comercializadora de energia e qual sua função?

Uma comercializadora de energia é uma empresa que trabalha com compra e venda de energia, fazendo negócios com companhias geradoras, outras comercializadoras e consumidores.

Esse tipo de comércio é orientado com base nas regras do Mercado Livre de Energia, que garante uma negociação justa para ambas as partes.

Dessa forma, os grandes consumidores e outras partes interessadas em uma aquisição vantajosa têm mais liberdade para pesquisar e comprar pelo melhor preço.

Além disso, uma comercializadora do Mercado Livre de Energia tem a capacidade de fazer análises mais detalhadas do setor, o que facilita a decisão de qual compra é mais vantajosa.

Além de entender o que é uma comercializadora de energia, neste artigo vamos explicar as funções, a diferença para as empresas gestoras, as vantagens e desvantagens e como entrar no Mercado Livre de Energia.

Continue a leitura e entenda cada um desses pontos.

O que é comercializadora de energia?

As empresas comercializadoras de energia são as responsáveis por intermediar a compra e a venda de energia.

Esse tipo de companhia tem uma estrutura de operação complexa, que inclui softwares especializados que auxiliam nas análises do mercado.

Dessa forma, as comercializadoras conseguem detalhar todas as variáveis que impactam o preço da energia como previsões de chuvas, nível dos reservatórios, entre outras.

Para ser uma comercializadora de energia no Brasil, a empresa precisa ser autorizada como agente pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e também ter um registro na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Como é feita a compra de energia de comercializadores?

Para entender como é feita a compra com uma comercializadora, é importante entender o funcionamento do Mercado Livre de Energia.

Nesse mercado, compradores e vendedores negociam energia livremente entre si, seguindo as regulamentações do setor. A principal vantagem, porém, é conseguir contratar energia diretamente com geradores e comercializadores.

O processo de compra pode ser representado por uma gestora ou pela própria comercializadora e as compras são registradas em contratos bilaterais.

Então, uma comercializadora pode usar suas negociações para:

  1. contratações de energia dos seus clientes;
  2. trading, ou seja, comprar energia em momentos de preços mais baixos e revendê-la no melhor momento com custos mais altos.

Dessa forma, os compradores e vendedores podem fazer negociações dentro dos termos necessários para cada um e sem ter prejuízos na contratação.

Qual a diferença entre gestora e comercializadora?

comercializadora-mercado-livre-energia

Neste ponto, é importante entender a diferença entre gestora e comercializadora de energia.

Uma empresa gestora trabalha com foco exclusivo em auxiliar seus clientes na gestão de performance dentro do Mercado Livre de Energia.

Algumas das funções que uma gestora realiza são:

  • acompanhar todas as oscilações de consumo dos clientes;
  • propor as melhores soluções de consumo;
    negociar as contratações de compra e venda de energia;
  • cuidar da operação dos clientes no Mercado Livre;
  • fazer a representação na CCEE e ONS;
  • trazer todas as informações necessárias para os clientes cumprirem suas obrigações e negociações.

Além disso, a gestora monta análises para os clientes indicando o consumo que será contratado com base em históricos e previsões futuras.

Ainda apresenta diversos fornecedores e ajuda a identificar as melhores propostas para o cliente tomar sua decisão.

Então, a diferença entre gestora e comercializadora de energia é que a primeira realiza um trabalho mais completo para que os clientes tenham sucesso dentro do Mercado Livre. Já a comercializadora tem um papel mais objetivo, sendo a intermediadora da compra e venda.

Existem empresas que atuam como gestoras ou comercializadoras, mas muitas unem as duas atividades para oferecer um serviço mais completo e com uma eficiência maior na contratação de energia.

Negociar no Mercado Livre de Energia exige bastante estratégia e conhecimento. Por isso, ter o suporte de uma empresa gestora-comercializadora faz diferença para ter o melhor resultado.

Vantagens e desvantagens das comercializadoras

Existem alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração no relacionamento com as comercializadoras de energia.

Uma das grandes vantagens é que uma comercializadora possui uma estrutura interna completa e assertiva que consegue analisar com mais precisão os fatores que impactam o preço da energia.

Então, se a sua empresa tem um relacionamento com uma gestora que também é comercializadora de energia, você sai na frente, pois tem acesso a informações estratégicas e detalhadas para fazer a melhor compra.

Por outro lado, como a comercializadora de energia tem uma visão completa do mercado no qual ela está inserida, consegue focar em negociações que geram maior lucro para suas operações de venda.

O cliente não deixa de obter vantagens na compra, mas esse processo pode descartar opções ainda melhores.

Com isso, a comercializadora ganha duas vezes: com o trabalho de gestão e com o spread da venda da energia.

Entre para o Mercado Livre de Energia

Agora que você já sabe o que é uma comercializadora de energia, pode ter ficado na dúvida entre lidar diretamente com uma ou contratar uma gestora, não é mesmo?

Para sair desse impacto, conheça mais sobre a Esfera, que é uma empresa gestora e comercializadora de energia.

O diferencial da nossa abordagem é que nossa comercializadora não negocia preços para os os clientes de gestão.

Assim, garantimos apenas a vantagem de atuar como gestora e comercializadora, sem nenhum conflito de interesse que prejudique nossos clientes. O resultado é uma economia de até 7% em relação aos concorrentes de mercado.

Conheça a Esfera e saiba quais estratégias de contratação podem favorecer mais o seu negócio.

Baixe também o e-bookComo fazer a migração para o Mercado Livre de Energia’ e entenda todos os passos, documentos e contratos necessários para o processo.

Saiba tudo sobre o Mercado Livre de Energia